AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa fecha em baixa e real se desvaloriza nesta quinta (12)

2 minuto/s de leitura

A quinta-feira (12) foi um dia de baixas na maior parte dos índices acionários. Com poucas exceções, como o Nikkei 225 no Japão, a maioria dos mercados teve desempenho negativo. O Ibovespa seguiu a tendência internacional e fechou o dia em baixa de 2,20%. Confira os resultados do mercado brasileiro:

  • Ibovespa (IBOV): -2.20% (102.503)
  • Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX): -0,19% (2.801)
  • Índice de BDRs Não Patrocinados-GLOBAL (BDRX): +0,22% (11.276)

Em dia de baixa, a quinta-feira foi de altas mais discretas no topo da B3. A TAESA, do setor energético, teve a maior valorização do dia. Confira as maiores altas do dia no Ibovespa:

  • TAESA (TAEE11): +3.53% (R$31,70)
  • Hapvida (HAPV3): +1.88% (R$69,79)
  • B2W Digital (BTOW3): +1.42% (R$75,79)

Quem teve uma quinta-feira difícil foram as companhias aéreas brasileiras. A Azul e a Gol tiveram as duas maiores desvalorizações do mercado, com a Eletrobras logo atrás. Confira as maiores baixas do Ibovespa nesta quinta:

  • Azul Linhas Aéreas Brasileiras (AZUL4): -6.48% (R$27,87)
  • Gol Linhas Aéreas (GOLL4):  -5.92% (R$19,06)
  • Eletrobras (ELET3): -5.82% (R$32,34)

No mercado norte-americano, o dia também foi de baixas. O Dow Jones teve a maior baixa no mercado estadunidense nesta quinta-feira, enquanto a Nasdaq foi o índice menos prejudicado. Confira os resultados:

  • Dow Jones (DJI): -1,08% (29.080)
  • S&P 500 (SPX), -1,00% (3.537)
  • Nasdaq Composto (IXIC): -0,65% (11.709)

No câmbio, o real acompanhou a queda acima da média internacional do mercado brasileiro. Tanto o euro quanto o dólar americano subiram mais de 1% nesta quinta. A moeda europeia foi a R$6,46 (+1,76%), enquanto o dólar foi a R$5,47 (+1,14%).

  • Ibovespa (IBOV): -2.20% (102.503)
  • Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX): -0,19% (2.801)
  • Índice de BDRs Não Patrocinados-GLOBAL (BDRX): +0,22% (11.276)

Em dia de baixa, a quinta-feira foi de altas mais discretas no topo da B3. A TAESA, do setor energético, teve a maior valorização do dia. Confira as maiores altas do dia no Ibovespa:

  • TAESA (TAEE11): +3.53% (R$31,70)
  • Hapvida (HAPV3): +1.88% (R$69,79)
  • B2W Digital (BTOW3): +1.42% (R$75,79)

Quem teve uma quinta-feira difícil foram as companhias aéreas brasileiras. A Azul e a Gol tiveram as duas maiores desvalorizações do mercado, com a Eletrobras logo atrás. Confira as maiores baixas do Ibovespa nesta quinta:

  • Azul Linhas Aéreas Brasileiras (AZUL4): -6.48% (R$27,87)
  • Gol Linhas Aéreas (GOLL4):  -5.92% (R$19,06)
  • Eletrobras (ELET3): -5.82% (R$32,34)

No mercado norte-americano, o dia também foi de baixas. O Dow Jones teve a maior baixa no mercado estadunidense nesta quinta-feira, enquanto a Nasdaq foi o índice menos prejudicado. Confira os resultados:

  • Dow Jones (DJI): -1,08% (29.080)
  • S&P 500 (SPX), -1,00% (3.537)
  • Nasdaq Composto (IXIC): -0,65% (11.709)

No câmbio, o real acompanhou a queda acima da média internacional do mercado brasileiro. Tanto o euro quanto o dólar americano subiram mais de 1% nesta quinta. A moeda europeia foi a R$6,46 (+1,76%), enquanto o dólar foi a R$5,47 (+1,14%).

360 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Notícias

Após frenesi, GameStop sai em busca de novo CEO e uma reestruturação completa

1 minuto/s de leitura
Após frenesi das ações da GameStop (GME), que chegaram a valorizar mais de 2.000% em menos de um ano, a companhia do…
AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa segue boa sequência e volta aos 120 mil pontos nesta quarta (14)

1 minuto/s de leitura
Nesta quarta-feira, o Ibovespa deu seguimento à sua boa fase, subindo 0,84% e chegando novamente aos 120 mil pontos desde o dia…
Notícias

Em reconciliação com caminhoneiros, governo reduz mistura obrigatória no óleo diesel fóssil

2 minuto/s de leitura
Após meses tensos com ameaças de paralisação por parte da categoria de caminhoneiros, o Governo Federal busca reconciliação. Uma resolução do CNPE…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies