Notícias

China cresce além do esperado, porém o menor índice em 44 anos

2 minuto/s de leitura

Com um resultado positivo, um crescimento de 2,3% em 2020, a economia da China supera o índice de 2%, projetado pela AFP. E esse feito se deu em plena pandemia. O comunicado foi feito  pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país, nesta segunda-feira (18). Embora um número que deva ser comemorado, ele representa o menor em mais de quatro décadas.

A China fechou o 4º trimestre, com um crescimento de 6,5% em comparação a igual período em 2019. A projeção era de uma alta neste setor de 6,0%. Também o indicador aponta para uma disparada da economia no país, tendo em vista que no trimestre anterior, a alta do PIB foi de 4,9% na comparação anual e frente ao trimestre anterior, a alta foi de 2,6%.

O mercado verificou que o crescimento da China foi além do esperado no 4º trimestre de 2020. Porém, os números do último mês foram mesclados, de acordo com relatório do Commerzbank, é o segundo maior banco comercial na Alemanha, com quase onze milhões de clientes privados e um milhão clientes corporativos em todo o mundo.

O banco, que opera como instituição financeira universal, observou que a economia do país asiático serviu de catapulta para a atividade global ao longo de 2020. Mesmo com este lado positivo, expressa preocupação quanto ao futuro. O crescimento do PIB chinês, na projeção do Commerzbank é de 8,0% neste ano (um pouco abaixo do consenso), mas a estrada a percorrer pelo setor não será nada fácil, com vários percalços a serem transpostos. 


Saiba mais

Exportações de carne bovina batem recordes em 2020


O banco alemão destaca ainda o crescimento da produção industrial (dados de dezembro), que cresceu 7,3%, na comparação anual, diante de uma expectativa de alta de 6,8% por parte dos analistas econômicos. Por outro lado, as vendas do setor varejista apresentaram um crescimento de 4,6% em dezembro na mesma comparação, diante do esperado crescimento de 5,5%. O banco também aponta as exportações como fator positivo de crescimento, mesmo demonstrando que o setor está menor.

Mas por um breve período, acredita-se que a China ainda vai permanecer aquém das expectativas, principalmente em razão do anúncio de novos casos de Covid-19, o que deverá se refletir no 1º trimestre. O governo chinês editou agora medidas de lockdown em algumas localidades, já preparando-se para o feriado prolongado do Ano Novo Lunar, em meados de fevereiro. 

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira
315 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
Notícias

Boletim Focus: inflação tem alta pela 25ª semana consecutiva e atinge 8,45%

1 minuto/s de leitura
De acordo com dados do Boletim Focus, relatório mensal do Banco Central (BC) contando com a colaboração de mais de 100 instituições…
Notícias

MTST e movimentos sociais ocupam o prédio da B3 em São Paulo

2 minuto/s de leitura
A sede da Bolsa de Valores brasileira, a B3, foi ocupada nesta quinta-feira (23) por manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST)…
Notícias

IBGE: IPCA-15 acelera e sobe 1,14% em setembro

2 minuto/s de leitura
Segundo dados publicados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pala manhã, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies