Notícias

Itaúsa tem crescimento de 6,2% nos lucros no 4T20, empresa anuncia pagamento de JCP e recompra de ações

2 minuto/s de leitura

A Itaúsa (ITSA3; ITSA4) divulgou nesta segunda-feira (22) o seu balanço do quarto trimestre de 2020. Mesmo com os lucros do Itaú Unibanco (ITUB4) em baixa por causa da crise provocada pela pandemia da Covid-19, os lucros da holding chegaram a R$ 3,66 bilhões no 4T20, uma alta de 6,2% ante os resultados do mesmo período em 2019.

No acumulado de 2020, a Itaúsa chegou a um lucro líquido de R$ 7,056 bilhões, uma queda de 31,6% na comparação com o acumulado de 2019. O resultado recorrente da holding foi de R$ 60 milhões negativos no 4T20, uma alta de 34,7% na comparação com o mesmo período de 2019. No acumulado de 2020 o resultado recorrente da companhia de foi R$ 383 negativos, uma baixa de 12,6% na comparação com o ano anterior.

O bom desempenho da Itaúsa veio graças a bons resultados operacionais de empresas do setor industrial em que a holding investe atualmente. Alpargatas (ALPA3; ALPA4), Duratex (DTEX3) e NTS tiveram alta em seus resultados recorrentes no 4T20 e no acumulado de 2020, impulsionando o resultado recorrente da Itaúsa e ajudando a cortar as perdas da holding em meio a um ano de baixa no setor financeiro.


Saiba mais

Lucros do Itaú caíram 34,8% em 2020


No quarto trimestre de 2020, o resultado recorrente das empresas investidas da Itaúsa foi de R$ 2,918 bilhões, alta de 9% na comparação anual. No acumulado de 2020, o valor de foi de R$ 7,707 bilhões, uma queda de 25% na comparação com o resultado atingido em 2019.

Como dito anteriormente, 2020 foi um ano de baixas no setor financeiro, onde a Itaúsa tem 89% de seus investimentos, através de sua participação no Itaú Unibanco. O resultado recorrente no setor foi de R$ 2,390 bilhões no último trimestre de 2020, uma baixa de 0,7% na comparação com o 4T19. No acumulado de 2020, o resultado foi de R$ 7,133 bilhões, número 27,6% inferior ao do ano anterior.

EMPRESA ANUNCIA PAGAMENTO DE JCP E RECOMPRA DE AÇÕES

Em documento enviado ao mercado também nesta segunda-feira, a holding anunciou o pagamento de juros sob capital próprio, a ser efetuado até o dia 30 de abril. O pagamento terá como base a posição acionária do dia 21 de janeiro, com ações negociadas como “ex-JCPs” desde o dia 22 de janeiro. O valor do pagamento será de R$ 0,0208 por ações, caindo para R$ 0,01768 com a retenção de 15% do Imposto de Renda na fonte.

Outro fato relevante da Itaúsa, também enviado ao mercado ontem, informou que o conselho administrativo da empresa aprovou um programa de recompra de até 250 mil ações, sendo 200 mil ações preferenciais (ITSA4) e 50 mil ações ordinárias (ITSA3). O programa de recompra entrou em vigor hoje (23) e vai até o dia 23 de agosto de 2022. As ações recompradas serão direcionadas à tesouraria para posterior alienação ou cancelamento e não terão impacto negativo no valor do capital social da Itaúsa.

Imagem em destaque: Suno Research / divulgação

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira

360 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Notícias

Após frenesi, GameStop sai em busca de novo CEO e uma reestruturação completa

1 minuto/s de leitura
Após frenesi das ações da GameStop (GME), que chegaram a valorizar mais de 2.000% em menos de um ano, a companhia do…
AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa segue boa sequência e volta aos 120 mil pontos nesta quarta (14)

1 minuto/s de leitura
Nesta quarta-feira, o Ibovespa deu seguimento à sua boa fase, subindo 0,84% e chegando novamente aos 120 mil pontos desde o dia…
Notícias

Em reconciliação com caminhoneiros, governo reduz mistura obrigatória no óleo diesel fóssil

2 minuto/s de leitura
Após meses tensos com ameaças de paralisação por parte da categoria de caminhoneiros, o Governo Federal busca reconciliação. Uma resolução do CNPE…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies