Notícias

RX Pro cresce 140% em 2020, um ano marcado por crise na saúde mundial

2 minuto/s de leitura

Sem receber um único aporte de fundos de investimentos e em meio a uma crise mundial de saúde, a startup RX Pro cresceu 140% em 2020. A empresa, que une a indústria farmacêutica a médicos, vê o sucesso estimulado pela mudança no comportamento da comunidade médica, durante a digitalização célere pela pandemia. Martin Nelzow, fundador e presidente da RX Pro, ressalta que a empresa não perdeu dinheiro em 2020. Muito mais que isso, cresceu de forma vertiginosa.

Para se ter uma ideia, em 2020, a RX Pro distribuiu 1,6 milhão de amostras, atendeu 40 mil profissionais distribuídos em 1.548 cidades e em cinco regiões do país. Este número representa um salto de 178% em relação a 2019. Em termos de amostras grátis enviadas, o número praticamente dobrou em relação a 2019. Para 2022, a startup pensa em expandir sua atuação para outros países, como México, Argentina, Espanha, Portugal e Itália.

O canal interativo de comunicação entre laboratórios e médicos é uma plataforma que permite que médicos recebam amostras personalizadas de medicamentos para que sejam avaliados. Embora seja uma plataforma digital, os medicamentos são apresentados, geralmente, por uma equipe de vendas presencial, o tão conhecido “de porta em porta”.

O processo inicia com médicos e laboratórios cadastrados. Desta forma, uma caixa rastreável, que leva a amostra grátis até o médico, e que possui o “QR code” para um maior conhecimento do produto é enviada para o profissional de saúde, que então escolhe o que quer receber.


Saiba mais

Santander prevê crescimento entre 25% e 30% no setor agro


O produto através do processo desta startup, que tem gastos reduzidos com mão de obra e logística, além de utilizar menos embalagens chega a apresentar um custo de ¼ do valor do modelo tradicional. Porém essa redução nos gastos não interfere em remédios mais baixos para o consumidor e, sim, depende inteiramente do laboratório farmacêutico.

É essa redução nos custos, segundo Nelzow, que permite que a empresa consiga ampliar as estratégias de vendas e chegar a mais médicos em locais mais distantes, e até os recém formados. É nesta direção que a startup vai trabalhar nos próximos anos. A startup projeta aumentar em 50% o número de médicos atendidos neste ano, assim como dobrar a quantidade de entrega de amostras e desenvolver novas funcionalidades na plataforma, angariando assim um maior engajamento dos usuários.

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira
315 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Notícias

Após frenesi, GameStop sai em busca de novo CEO e uma reestruturação completa

1 minuto/s de leitura
Após frenesi das ações da GameStop (GME), que chegaram a valorizar mais de 2.000% em menos de um ano, a companhia do…
AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa segue boa sequência e volta aos 120 mil pontos nesta quarta (14)

1 minuto/s de leitura
Nesta quarta-feira, o Ibovespa deu seguimento à sua boa fase, subindo 0,84% e chegando novamente aos 120 mil pontos desde o dia…
Notícias

Em reconciliação com caminhoneiros, governo reduz mistura obrigatória no óleo diesel fóssil

2 minuto/s de leitura
Após meses tensos com ameaças de paralisação por parte da categoria de caminhoneiros, o Governo Federal busca reconciliação. Uma resolução do CNPE…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies