Curiosidades

Adaptar-se, Reinventar-se e recomeçar

3 minuto/s de leitura

Os mais otimistas acreditavam que estávamos jogados em um rio de grande correnteza e nossa atual tarefa seria atravessá-lo. Eu ouvi isso de um grande amigo e economista respeitado no mundo todo, e ele naquele momento não era um otimista. O grande problema que vejo depois de passado um ano de pandemia é que a outra margem do rio era como aquelas miragens de um oásis no deserto.

Vou aqui narrar para você meu desafio como chef e empreendedor ao tentar nadar durante esse momento. Meu contexto é uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, chamada de Rio Grande, distante 300km da capital com uma população superior a 200mil pessoas e com sua economia diversificada entre porto mercantil, pesca, pecuária e agricultura. Meu estabelecimento comercial leva em sua história mais de 20 anos de uma empresa familiar no ramo da gastronomia. Atendíamos diariamente com buffet executivo e servimos a diversos eventos locais. Uma folha com cerca de 10 funcionários e uma administração um tanto quanto falha em vários quesitos, digamos que os erros básicos de uma empresa familiar.

Assim sendo, fomos jogamos em um rio de água turva e gelada da pandemia. Aceitamos a nova realidade e fomos rápidos em nos adaptar. Pesquisamos as notícias de outros países e antes de todos no mercado fechamos nosso atendimento presencial e anunciamos um novo serviço de delivery, lançando novos produtos e atendendo melhor com o propósito principal de: “Temos que atravessar o rio”.

Reunimos os funcionários e acertamos que nossa meta era esperar passar o momento e que com as medidas anunciadas pelo governo, iriamos manter os empregos de todos e sairíamos mais fortes e unidos desse momento. A margem do rio era logo ali! – Isso era abril de 2020.

E por um momento acreditamos nisso, as medidas tinham dado certo. Estávamos conseguindo trabalhar com equipes em revezamento e o faturamento estava segurando a empresa. E as medidas de ajuda do governo estavam sendo providenciadas para que conseguíssemos sair do rio e ainda dar uma corrida pelo parque. Ja avistávamos a margem do rio bem perto. Isso era junho de 2020.

Porém a adaptação tornou-se um espetáculo de reinventar a roda, o automóvel e a estrada a cada nova semana, ou Bandeira. Digamos que em um piscar de olhos nossa margem do rio sofreu um erosão gigantesca, e a cada mudança de bandeira, ou seja, o abre e fecha, o atende no salão e o volta somente para o delivery gerou uma perda de receita que ainda não conseguimos explicar. E foi ai, sem saber mais onde era a tal margem, e com os braços cansados e sem fôlego para atravessar esse rio que estava se tornado um oceano, que decidimos: “Deu, vamos fechar!” – Isso foi fevereiro de 2021.

Não estou aqui colocando a culpa na pandemia, no economia ou qualquer outra desculpa. Empresas fecham pela junção de diversos fatores. Tipo, ninguém morre do coração após comer um Big Mac, mas se você comer durante 5 anos direto… meu amigo… você já era! Vínhamos de diversos momentos difíceis nos negócios, estávamos nos remodelando e absorvendo erros comuns em um empresa, além disso, decisões pessoais dos sócios também influenciaram, de minha parte era decidido a mudança de cidade, e isso talvez tenha também ajudado. Mas o que quero dizer, é: “Chegamos a outra margem do rio!”

Não importa como, mas chegamos a outra margem do rio! Socorridos, acabados, quase desfalecidos… mas chegamos e essa margem é o RECOMEÇAR!

Somos empreendedores! Somos eternos sobreviventes de crises e guerras. Somos camaleões na busca de entender as mudanças de mercado. Somos as baratas de uma guerra atômica… (Risos, exagerei neh). Mas somos quem sobrevive e reconstrói uma cidade, um estado e um país. E Mais, somos todos nós… todos somos empreendedores ou parte de um empreendimento. 

Aceite sua posição nesse momento de RECOMEÇO e prepare-se sempre para nadar muito. 

8 conteúdos

       
Sobre o autor
A economia começa em casa... E eu afirmo que é na cozinha que sua receita de rentabilidade fermenta! Eu sou Eduardo Geri, e tenho a missão de ensinar dicas para fazer você gerar mais economia no seu dia a dia sem alterar nada sua qualidade! Meus 20 anos de buffet por kilos, ensinaram-me técnicas de aproveitamento e não ter desperdício que vão ajudar você a não chorar mais 110% do DI nas suas aplicações
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
CuriosidadesEducação Financeira

O que é a NOVA Previdência Privada?

3 minuto/s de leitura
“Não se deixe contaminar por opiniões de pessoas que tiveram experiências com a ANTIGA Previdência Privada. Permita-se conhecer todas as vantagens e…
CuriosidadesDestaque

Páscoa em Lalibela

6 minuto/s de leitura
Numa tarde chuvosa do início do ano de 2017 eu estava olhando o Instagram de vários fotógrafos quando me deparei com um…
Curiosidades

Por que os ovos de páscoa são tão caros?

5 minuto/s de leitura
A páscoa, uma das datas favoritas da criançada, está chegando. Junto com ela, chega o maior dilema de todos os pais de…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies