Artigos

Quero investir 1 milhão de reais! E agora? Como ter a rentabilidade desejada?

16 minuto/s de leitura

Você já se perguntou onde quer estar daqui a 1 ano? e 5?

Que decisões você vai tomar para ter uma vida futura mais estabilidade financeira e com retorno nos investimentos?

Sabemos que o assunto não é tão simples, especialmente agora que a situação do país nos deixa não muito otimistas. Pensando nisso, nós da Smart Money preparamos um material especial para você, para te mostrar que sim, vale a pena começar a investir em 2021!

Você já sabe que é indispensável que você diversifique seu portfólio de investimentos. Dinheiro é coisa séria, e tem que ser tratado com responsabilidade. Por isso, ao diversificar sua carteira de investimentos, você corre menos riscos, e usufrui dos resultados positivos. Mas para isso acontecer, é importante que você tenha a orientação certa.

Pensar na saúde financeira é fundamental. Com a mudança dos modelos sociais, cuidar das suas finanças se torna mais que uma opção: É uma necessidade!

Por isso, quero te fazer uma pergunta:

Se você fosse investir R$ 1 milhão, onde você alocaria seu dinheiro?

Sumário:

  1. Importância de investir e educação financeira
  2. Por que eu preciso diversificar?
  3. Produtos disponíveis no mercado financeiro
  4. Perfil de investidor e objetivos
  5. Recomendação de carteira de investimentos para você 

  1. Importância de investir e educação financeira

Por consequência de uma economia instável, muitos indivíduos perceberam a importância de fazer bons investimentos para garantir um futuro tranquilo. No entanto, é visível que essa realidade ainda não é pertencente a todos os brasileiros.

O fato de que o dinheiro é necessário para a manutenção da vida, você já sabe, e saber que precisamos estar preparados para os planos do futuro, também já é de conhecimento de grande parte das pessoas, mas o que depende nesta situação é saber se você realmente está tomando atitudes que o influenciem a ter controle dos seus objetivos financeiros. 

Falar de dinheiro, por vezes, é tido como tabu. Porém, ele não pode faltar quando for preciso.

Por isso, se você tem planos para o futuro e que dependam do seu dinheiro, você vai precisar fazer a gestão ativa do seu patrimônio. 

Em outras palavras, poupar e investir. Além destas duas atitudes gerarem tranquilidade financeira no seu bolso, você estará possibilitando a realização dos seus sonhos!

Com hábitos saudáveis de educação financeira, o indivíduo aumenta seu patrimônio e consegue ter reservas de emergência em casos de imprevistos. 

Os novos modelos sociais, com a expectativa de vida da população só aumentando, faz com que as pessoas pensem em uma vida próspera e estável após a aposentadoria. Além disso, é importante que você se planeje para lidar com gastos não previstos.

Hoje, investir deixou de ser um fator opcional. O planejamento financeiro, que continha apenas o básico, como manter as contas dentro do orçamento, já não serve mais, e uma das novas variantes obrigatórias neste novo modelo é o investimento”.

– Luiz Fernando, assessor da Gx Investimentos.

Períodos de instabilidade e gastos não planejados acontecem, e estamos passando por uma situação atípica social neste exato momento. Com a pandemia, muitos brasileiros sentiram a importância de se ter uma carteira saudável e em dia.

Porém, mesmo com as dificuldades de um ano atípico, o interesse no mercado para 2021 só sobe, e os números provam isso. 

Um ano de dificuldade mostrou para as pessoas que é importante pensar em longo prazo, planejar finanças e investimentos.

Essa importância refletiu na bolsa brasileira. Em 2020, o número de investidores na B3 cresceu em 92%. Quase o dobro comparado com 2019!

Fonte: Jornal Nacional

Mesmo com o atual contexto da economia e crescimento no número de investidores na bolsa, o Brasil é um país que, classicamente, não costuma poupar dinheiro. De acordo com levantamento do Datafolha, 65% das famílias brasileiras não têm o hábito de poupar.

Fonte: FENACAP

O dado, além de mostrar a baixa renda da população brasileira, mostra também outra realidade: a do imediatismo. É comum procurar por retornos imediatos, e desfrutar de gastos frutos do próprio trabalho. Mas, como sabemos, poupar dinheiro e saber onde investir é uma necessidade.

Quem tem conhecimento e sabe o que está fazendo não depende da sorte em uma economia instável. É nessa tomada de decisões que queremos te ajudar!

Dinheiro é coisa séria, e deve ser administrado com prudência e responsabilidade. Levamos essa responsabilidade muito a sério.

Por isso, com a economia do país se recuperando de um baque em 2020, é importante que você não perca tempo para retomar as rédeas dos seus investimentos financeiros. A vida tranquila que você tanto deseja depende exclusivamente da sua tomada de decisões.

Em virtude disto, você deve se proteger e conhecer uma das formas de proteção de carteira, que é a diversificação.

  1. Por que eu preciso diversificar?

Uma coisa é certa, independentemente do momento em que o país ou o mundo estiver vivenciando, uma das ferramentas-chaves do investidor inteligente: a diversificação. 

A diversificação em um portfólio de investimentos é um tema muito comum no universo dos investimentos e muitos investidores têm dado cada vez mais atenção, principalmente após os efeitos do coronavírus nas bolsas mundiais. Muitos são aqueles que ainda não compreendem a importância dessa “ferramenta”, e estamos aqui para mostrar a real importância, como ela funciona e os respectivos resultados em uma carteira de investimentos.

A diversificação é uma ferramenta que funciona como um gerenciamento de risco, visando distribuir o capital investido em uma variedade de investimentos dentro de um portfólio. 

Você já ouviu a expressão “nunca coloque todos os ovos na mesma cesta”? Essa expressão é importante, porque se a cesta estiver furada, você não terá ovos para fazer um omelete, o que eu quero dizer com isso? A ideia é diluir o risco dos investimentos.

É assim que a diversificação funciona, ela reduz o risco de um portfólio de investimentos, pois a ideia central é que as performances positivas de alguns ativos neutralizem as baixas ocorridas provenientes de outras aplicações.

Falamos aqui da parte de proteção, mas a diversificação tem outros benefícios. 

Uma carteira construída sobre diferentes tipos de investimentos, pode acabar produzindo maiores retornos para uma carteira, afinal, não podemos prever o futuro, logo, com a diversificação, torna-se mais fácil acertar os grandes cavalos na “corrida da rentabilidade”.

Outro ponto a se destacar a respeito da diversificação, é que ela é uma ferramenta capaz de reduzir a volatilidade de um portfólio, justamente porque se equaliza os investimentos com diferentes ativos, classes e setores. 

Contudo, é importante ressaltar que para que se possa usufruir dos benefícios dessa tática, os ativos não podem ser correlacionados entre si, ou seja, quando os ativos possuem uma dependência entre si.

Agora que você sabe o que é a diversificação, vamos conversar sobre os produtos disponíveis no mercado financeiro!

  1. Produtos disponíveis no mercado financeiro 

O mercado conta com uma infinidade de produtos e agora que você sabe que uma das estratégias para ter sucesso nos investimentos é por meio da diversificação, vamos conversar sobre as opções de renda fixa e de renda variável, justamente para compor o seu portfólio de forma diversificada.

Renda Fixa

A renda fixa é sinônimo de procura por investimentos com segurança e estabilidade. 

Seu nome vem justamente do fato de que possui uma rentabilidade previsível, podendo ser uma renda fixada em um percentual anual ou que segue algum índice como CDI, Taxa Selic ou indicadores de inflação como o IPCA.

O indicado para quem está começando a investir é que seu primeiro investimento seja feito em renda fixa.

Os produtos de renda fixa podem ser emitidos por instituições financeiras públicas e privadas, como bancos, empresas ou até pelo governo. 

Como funcionam os investimentos em renda fixa?

É como se você fizesse um empréstimo para os emissores dos produtos de renda fixa e, em troca, você recebe uma taxa determinada no momento da compra do ativo.

Com a quantia captada pelos bancos, empresas e governo, eles conseguem se financiar, quitar dívidas ou fazer investimentos em projetos. 

Outro ponto importante da renda fixa é que existem duas modalidades, os títulos prefixados e os pós-fixados. Os produtos prefixados são ativos que possuem uma taxa fixa, por exemplo 9,5% a.a. (ao ano) de rentabilidade, há vantagem nessa modalidade de investimento a partir do momento que se espera que a economia continue a operar com juros baixos e a taxa do produto se supera. Ademais, você conhece o valor do quanto vai ter de rentabilidade no futuro.

Já os pós-fixados são aqueles que estão indexados a uma taxa, como CDI ou Selic. Dessa forma, a rentabilidade do produto pode ser algo como 130% a. a. do CDI. Como os indexadores sofrem alterações ao longo do tempo, o rendimento vai seguir essa alteração. Também tem a possibilidade de um investimento ser híbrido, tendo rentabilidade de uma renda fixa + indexador, como exemplo, 5,8% + IPCA.

Produtos de Renda Fixa

Dentre as possibilidades dos produtos de renda fixa, os mais populares são Tesouro Direto, CDB, LCI e LCA, Letra de Câmbio, CRI e CRA e Debêntures.

Vantagens da Renda Fixa

  • Segurança – grande parte dos produtos de renda fixa são tão seguros quanto a poupança, afinal, eles têm em comum a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para investimentos de até R$ 250 mil. Assim, caso o emissor do título quebrar ou, por outra razão, não cumpra o pagamento, você conta com a garantia desse fundo.
  • Diversificação – há diversos produtos dentro da renda fixa, os mais famosos são CDBs, LCIs, LCAs e debêntures.
  • Facilidade – é muito fácil investir em renda fixa, as negociações são online e você investe sem sair de casa. Não há a necessidade de acompanhar o investimento diariamente, pois você sabe o quanto ele vai estar rendendo e essa taxa não vai se alterar. 
  • Acessibilidade – a renda fixa é acessível a todos as pessoas que querem investir, e partem de valores como R$30.
  • Rentabilidade – os produtos de renda fixa são estáveis, o que é um ponto positivo para quem deseja viver de renda ou formar um patrimônio. Além de que há produtos com rentabilidade acima da inflação. 

Desvantagens da Renda Fixa

  • Imposto de Renda – na renda fixa há produtos que possuem taxas e tributos, alguns são isentos como LCA e LCI.
  • Carência –  alguns produtos de renda fixa possuem um determinado prazo de carência, onde você não pode solicitar o resgate antecipado. Caso você precise do valor, vai ser necessário pagar uma multa e você vai perder parte do rendimento. 

Renda Variável

Já a renda variável funciona de forma dessemelhante, isto porque os produtos contam com uma rentabilidade desconhecida, podendo trazer lucros ou prejuízos para o investidor ao longo do tempo. Devido a alta volatilidade, este investimento faz parte do grupo de maiores retornos esperados, mas com a grande questão de que não é possível prevê-lo. 

Em geral, os investimentos de renda variável são os mais arriscados do mercado, pelo fato de estarem propícios a oscilações.

Como funcionam os investimentos em renda variável?

Diferentes produtos têm diferentes funcionamentos. Mas dentre os investimentos mais populares de renda variável, têm-se produtos como ações, fundos de investimentos, contratos futuros, opções, ETFs e ofertas públicas.

Primeiro, é importante saber que para acessar às negociações, você precisa conhecer o Home Broker, que é a plataforma que viabiliza a compra e venda de ações e, também, de outros ativos.

Ações: uma empresa emite ações como uma forma de financiar projetos que viabilizem sua expansão. Ao comprar ações, você se torna um dos acionistas da empresa. Você pode lucrar de duas formas diferentes com ações, a primeira por meio de dividendos, que são os lucros periódicos que as organizações distribuem, e a segunda pela compra e venda de ações.

Fundos de Investimentos: é um tipo de aplicação que reúne o dinheiro de diversos cotistas para investir em ativos que permitam rentabilizar a quantia inicial. Cada fundo tem a sua peculiaridade, assim, não operam igualmente. Há opções como fundos de ações, fundos imobiliários e fundos multimercado.

Contratos Futuros: nesse tipo de mercado, são negociados contratos de venda ou de compra, que serão apenas executados no futuro. É um ambiente de alta liquidez. Diferentemente das ações, no Futuros o investidor arca somente com oscilações nos preços do ativo. 

Opções: por meio de contratos, os investidores possuem direito de comprar ou vender ativos por um preço fixo, em determinado tempo. É um tipo de investimento que possibilita alavancar as posições.

ETFs: um exchange-traded fund é um fundo de investimento negociado como se fosse uma ação, porém acompanhado de um índice.

Ofertas Públicas: esse processo é a primeira oferta de ações de uma empresa para o público. Processo que também é conhecido como abertura de capital. Quando uma empresa realiza o IPO significa um grande amadurecimento e, também, que ela exige mais capital para crescer. Para saber como participar desse tipo de investimento.

Produtos de Renda Variável

Dentre as possibilidades dos produtos de renda fixa, os mais populares são Ações, Fundos de Investimentos, ETFs, Câmbio, Contratos Futuros, Opções e Ofertas Públicas (IPO).

Vantagens da Renda Variável

  • Retornos maiores: a possibilidade de obter retornos maiores que na renda fixa.
  • Variedade: existe uma ampla gama de produtos, tanto quanto em segmentos no mercado de renda variável, permitindo ao investidor que diversifique seus produtos e alcance seus objetivos financeiros. 
  • Tempo: o investidor de renda variável consegue operar em qualquer prazo, isto porque existem operações do tipo day trade que duram apenas um dia.
  • Flexibilidade para investir: os investimentos são feitos todos por meio online, então o investidor consegue investir de onde estiver, sem complicações e apenas conectado à internet. 
  • Proventos: na renda variável, existem ativos que pagam proventos, em formato de dividendos, aluguéis ou juros sobre capital próprio (JCP). 

Desvantagens da Renda Variável

  • Riscos: há riscos mais altos que os encontrados na renda fixa.
  • Oscilações: as condições de remuneração não são estabelecidas, podendo haver prejuízos para o investidor, que conta com oscilações não previsíveis, principalmente no curto prazo.
  • Custos: é necessário considerar os custos de operação, os quais dependem do volume de operação e da escolha da corretora.
  1. Perfil de investidor e objetivos 

Portanto, para investir com tranquilidade, você precisa saber o seu perfil de investidor, só assim você vai saber quais os produtos ofertados que atendem às suas necessidades, a depender do que tem maior prioridade nos seus investimentos.

Mas, afinal, o que é perfil de investidor?

É uma espécie de análise que identifica suas preferências, expectativas, comportamentos e objetivos em relação aos investimentos. Identificar o perfil de investidor é uma ferramenta importante para guiar seus passos na hora de investir, pois essa verifica a tolerância ao risco, objetivos e outros elementos. Assim fica fácil evitar frustrações.

O perfil do investidor tem como critério três pilares básicos: segurança, rentabilidade e liquidez. Essas questões têm como objetivo mapear quais são os critérios mais importantes para você, isso porque dificilmente irá se encontrar um produto financeiro que disponha desses três critérios, em altos níveis.

No mundo dos investimentos, infelizmente não se pode ter tudo, pois quando pensamos em uma determinada aplicação, temos que ter em mente três fatores:

  • Segurança
  • Liquidez
  • Rentabilidade

É normal que se renuncie, por exemplo, à parte da segurança, para atingir maiores níveis de rentabilidade, ou rentabilidade para se ter maior segurança, e assim adiante.

Para entender os tipos de Perfil de Investidor

Perfil Conservador

Se você prefere investir em produtos de baixo risco e ganhar menos, mas ganhar sempre, isso indica que você tem um perfil conservador. É natural que esse tipo de investidor conheça a poupança. O que eles não sabem é que as alternativas de maior rentabilidade são tão seguras, ou até mais, que a poupança. 

Quem possui esse perfil, costuma dar muito mais ênfase na segurança dos investimentos. Ou seja, essa pessoa prefere investir em opções que ofereçam um baixo risco de perdas. Também é comum que pessoas com esse perfil estejam focados em não perder nada e, portanto, preservar o patrimônio.

É comum que o investidor conservador sejam pessoas com idades avançadas, que prezam pela segurança do patrimônio acumulado ao longo dos anos, ou então alguém que está começando recentemente no mundo dos investimentos, pelo medo/receio de se arriscar, devido a falta de conhecimento e experiência.

Perfil Moderado

Não abre mão de segurança na hora de investir, mas está aberto a maiores riscos para obter melhor rentabilidade, isso indica que você tem perfil moderado. 

Esse perfil é caracterizado por incorporar características do investidor conservador e do investidor agressivo. Digamos que seria então um meio termo entre esses perfis, ou seja, um investidor que tem mais apetite ao risco, mas não abrindo mão completamente da segurança.

O investidor moderado então é alguém que eventualmente aceita investir em algo que dispõe mais risco do que os investidores conservadores. Normalmente, são pessoas que já possuem um pouco mais de conhecimento e experiência a respeito do mercado financeiro.

Perfil Arrojado

Deseja assumir riscos mais altos na busca de uma rentabilidade mais expressiva, o seu perfil pode ser arrojado. 

O investidor com perfil arrojado, em comparação aos outros perfis, é o que está mais propenso a tomar riscos, esse normalmente busca maiores rentabilidades e, portanto, abre um pouco mão da segurança.

Normalmente esse tipo de investidor costuma ser mais experiente e não se abala facilmente por eventuais perdas, entendendo que no longo prazo, os ganhos irão compensar. Vale destacar que quem possui esse perfil, também pode ter um parte do seu capital investido em investimentos conservadores, afinal, é sábio manter uma reserva financeira em casos de emergência.

Ou esse também poderá desejar cooperar ativamente com seus assessores, pois de maneira que as recomendações sejam explicadas em detalhes. Afinal, até mesmo um atleta olímpico precisa de uma equipe para auxiliá-lo.

“As características básicas de uma carteira de investimentos são, em geral, determinadas pela posição e pelas características de seu(s) proprietário(s).

– Benjamin Graham

Agora que você já entendeu sobre perfil de investidor, você precisa saber da importância de definir objetivos nos seus investimentos. Exemplos de objetivos podem ser comprar o último iPhone, viajar para a Turquia ou reunir recursos para a sua aposentadoria.

Você precisa estabelecer quais são os seus objetivos financeiros de curto, médio e longo prazo, dessa forma, você vai ter entendimento sobre o seu dinheiro. 

Uma vez que você tem um planejamento financeiro alinhado com as suas aspirações, você terá uma direção de como você deve agir para conquistar o que sonha!

Nós acreditamos que você merece ter uma vida de estabilidade e prosperidade, podendo usufruir de um planejamento financeiro fruto do seu trabalho.

Para dar continuidade a jornada para um futuro próspero, nós recomendamos a você as carteiras de investimentos da XP.

  1. Acesse aqui a recomendação de carteira de investimentos para você 

Quero carteiras rentáveis! Quer acesso às carteiras recomendadas da XP? Acesse agora mesmo nos links abaixo!

Carteira 1 – Carteira Precavida (Conservador)

Carteira 2 – Carteira Cautelosa (Moderado)

Carteira 3 – Carteira Defensiva (Conservador/Moderado)

Carteira  4 – Carteira Estrategista (Moderado)

Carteira 5 – Carteira Visionária (Moderado/Arrojado)

Carteira 6 – Carteira Energética (Arrojado)

Carteira  7 – Carteira Destemida (Arrojado)

Além das carteiras recomendadas, nós estamos te oferecendo:

Dois e-books exclusivos, que vão te auxiliar a tomar melhores decisões sobre suas finanças. Fique atento, pois apenas os primeiros 200 que se inscreverem terão acesso:

  1. E afinal, qual é o melhor investimento? Neste material, vamos discutir sobre os tipos de investimentos disponíveis no mercado, e qual vale mais a pena de acordo com seus objetivos de vida.
  1. Enriquecer é questão de planejamento: sei que quero enriquecer, mas por onde começo? o planejamento é a etapa mais importante de quem quer poupar e investir pensando em um futuro próspero. Neste material, iremos te sugerir etapas que vão te ajudar a planejar seu futuro financeiro com mais prudência.

Quero ter acesso aos e-books!

Além disso, você terá acesso liberado a uma PLANILHA DE AÇÕES! Com ela você vai ser capaz de organizar todos os seus ativos num só lugar, podendo monitorar em tempo real as variações de lucro ou prejuízo, visto que ela já vem automatizada para retirar dados do IBOV. 

Quero receber todos esses materiais!

Como abordamos, investir é uma necessidade no atual contexto social. Quem poupa sabe que é importantíssimo pensar no futuro, quando os frutos de boas decisões são colhidos.

Os resultados vêm com prudência e paciência.

“Quando falamos em investir, é aplicar o dinheiro de uma forma que o mesmo lhe renda uma quantia acima da inflação. No médio/longo prazo, isso vai auxiliar a manter o estilo e padrão de vida que cada pessoa foi levando no decorrer do tempo. Esse é apenas um dos motivos que comprova a necessidade de investir”.

– Luiz Fernando, assessor da Gx Investimentos.

Acessando as carteiras recomendadas, você automaticamente libera os bônus que preparamos pra vocês:

  • Você ganha o acesso aos relatórios exclusivos de duas das maiores casas de análise de ativos do país, Eleven Financial Research e Benndorf Research, sem contar com o fato de que são as mais reconhecidas e rentáveis do mercado, incluem relatórios de day trade e swing trade, além de acesso às newsletters. 
  • Acesso ao canal de notícias Smart Money News no telegram, receba notícias em primeira mão e em tempo real, relatórios, calls e análises da XP Investimentos, salas de trading e muito mais. Lembre-se, estude, leia, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados.

Além de todos os bônus que já apresentamos, vamos te fazer uma oferta irrecusável, e que não vai doer no bolso.

Pensando nas vantagens que isso vai trazer a você, nós estabelecemos uma parceria exclusiva com o escritório GX Investimentos. Nossa meta é te ajudar a conseguir a tão aguardada estabilidade financeira, com a ajuda dos melhores profissionais do ramo.

Desse modo, ao participar dessa campanha, você ganha gratuitamente um diagnóstico de carteira, feito diretamente por um assessor da GX Investimentos, certificado pela ANCORD.

Nossa responsabilidade como um portal de economia é de disseminar conhecimento, e ajudar nossos leitores a tomarem as melhores decisões financeiras possíveis. Pensamos que todos nós merecemos uma vida financeira mais estável e tranquila.

Buscar uma vida financeira saudável é um direito seu!

Reconhecemos que o momento do país não inspira otimismo, mas estamos aqui para te dizer que existem grandes oportunidades a serem aproveitadas em 2021. Tudo depende da sua disposição.

As oportunidades vêm e vão. O tempo pune! Você tem a chance de continuar sua trajetória para um futuro próspero e estável ainda hoje, então por que não começar agora?

A nossa sugestão é: inicie seus investimentos apoiado nas carteiras recomendadas da XP! Nós prezamos por um ambiente onde você prospere financeiramente, com escolhas recompensadoras para o seu futuro!

Que tal começar agora?

Quero decisões certeiras para os meus investimentos!

cta-smartmoney-carteirasrecomendadasxp


Faça a gestão da sua carteira com a melhor planilha de controle de ações!

Ganhe acesso gratuito a uma carteira personalizada + 2 e-books



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




99 conteúdos

       
Sobre o autor
Somos a Smart Money, tudo que você precisa saber sobre o mercado financeiro, com conteúdos para fazer a diferença no seu dia a dia, porque o investimento mais próspero é a informação.
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
Artigos

Evergrande: entenda o risco de colapso da gigante chinesa que assusta o mercado financeiro e os possíveis efeitos no Brasil

7 minuto/s de leitura
O noticiário econômico do mundo inteiro se voltou para a terceira maior incorporadora do setor imobiliário da China: a Evergrande. Trata-se de uma…
ArtigosCuriosidadesEducação Financeira

PGBL

2 minuto/s de leitura
“Com um benefício tão grande desse fica difícil não investir na NOVA Previdência Privada” Rondinelli Borges Quando vamos investir na NOVA Previdência…
ArtigosCuriosidadesEducação Financeira

Existem muitas taxas na Previdência Privada?

2 minuto/s de leitura
“Nunca entendi os motivos dessa taxa, a não ser “assaltar” nós investidores”. RONDINELLI BORGES Será que esses conhecimentos populares são verdadeiros ou…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies