CuriosidadesEducação FinanceiraInvestimentos no exterior

Investimento no EXTERIOR vale a pena? Vantagens, desvantagens e como investir de forma simples e eficaz?

2 minuto/s de leitura

Olá, tudo bem?

Por acaso você tem observado que a cada dia mais e mais os brasileiros estão investindo no exterior? E você, o que acha disso?

Olha só, como muitas pessoas tem me questionado sobre isso, então resolvi escrever esse artigo e aproveito para compartilhar com você…

Vou dividir em 3 partes:

  1. Vantagens de investir no exterior;
  2. Desvantagens de investir no exterior;
  3. Como investir no exterior de uma simples e eficaz.

Vamos lá…

1) VANTAGENS DE INVESTIR NO EXTERIOR:

1.1) O Brasil é muito pequeno considerando todo o planeta, então talvez não seja interessante ficar 100% exposto ao risco interno do próprio país;

1.2) Diversificar os investimentos em países mais estáveis e desenvolvidos que o nosso;

1.3) Aproveitar as oportunidades fora do Brasil;

1.4) Ter uma renda em moeda forte (por exemplo: dólar) caindo na sua conta bancária;

2) DESVANTAGENS DE INVESTIR DIRETAMENTE NO EXTERIOR:

2.1) Dificuldade do idioma, pois se você for investir nos EUA precisará do inglês, se for investir no Japão do japonês, na China do Mandarim, etc.

2.2) Necessidade de abertura de contas no exterior;

2.3) Cada país tem suas próprias regras no tocante à declaração do imposto de renda lá fora, há impostos e taxas sobre a movimentação financeira;

2.4) Dependendo do país, além de declarar essa movimentação lá fora, obrigatoriamente você também deve declarar para a nossa Receita Federal aqui no Brasil toda essa movimentação;

2.5) Aqui no Brasil na hipótese de ocorrer uma fatalidade a alíquota máxima do imposto de transmissão para os herdeiros é de 8%, lá fora depende do país e dos valores, mas via de regra nos países desenvolvidos gira em torno de 40 até 55%, ou seja, praticamente a metade de seus recursos não voltarão para a sua família;

2.6) Falta de conhecimento para analisar e escolher ativos em outros países, não basta escolher o país, é preciso analisar e estudar onde alocar os recursos;

2.7) Tempo necessário para realizar tudo isso.

Só que agora não precisa mais nada disso…

3) COMO INVESTIR NO EXTERIOR DE UMA SIMPLES E EFICAZ:

Desde o ano passado os fundos previdenciários já podem investir até 40% no exterior para investidores qualificados e 20% para não qualificados.

Então repare bem, escolhendo um fundo previdenciário que investe no exterior você tem os seguintes benefícios:

3.1) Aproveita todas as vantagens do item 1;

3.2) Elimina todas as desvantagens do item 2;

3.3) Aproveita todas vantagens da Previdência Privada que você já deve conhecer.

Portanto, na minha opinião, a melhor forma de você investir no exterior é por meio de fundos comuns ou da previdência privada, mas por meio dessa aproveitamos todas as vantagens exclusivas da previdência (não tem come-cotas, menor IR, restituição do IR, portabilidade, não passa pelo inventário, etc).

Saiba que com a informação certa, com estratégias bem elaboradas e com um método bem definido qualquer pessoa consegue aproveitar as vantagens e benefícios que são exclusivos da previdência privada.

Caso você tenha alguma dúvida ou queira enviar sugestões de artigos nos procure nas redes sociais, bem aqui abaixo da minha apresentação, você encontra os links para as minhas redes sociais. Maravilha, maravilha! Forte abraço.

9 conteúdos

       
Sobre o autor
Criador do Método IAP da Previdência Privada e do Método IRM do Tesouro Direto. Educador financeiro. Auditor Fiscal da Receita Estadual. Especialista em Finanças e Investimentos pela PUC-RS. Especialista em Direito Tributário pelo IBET-SC e pela UNIDERP. Graduado em Engenharia Elétrica pela UFU-MG. É estrategista e praticante do mercado financeiro há mais de 10 anos e tem ajudado muitas pessoas a melhorarem o resultado dos seus investimentos. Mesmo quem achava que era impossível vem tendo resultados fantásticos. Adepto da filosofia de que a maior sofisticação está na simplicidade!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Educação Financeira

Conheça a história de Naji Nahas, o homem que quebrou a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro

5 minuto/s de leitura
A história da Bolsa de Valores no mundo não é pouco menos que farta, desde episódios que descrevem uma bolha econômica envolvendo…
Curiosidades

Rota da Seda, o início da globalização

7 minuto/s de leitura
Lembram de Ashgabat, capital do Turcomenistão? Aquela toda de mármore, extremamente limpa, regime autoritário, carros da mesma cor branca, pois bem, foi…
Educação Financeira

Conheça a história, a função e a importância da CVM

7 minuto/s de leitura
Se você está começando a acompanhar o mercado financeiro ou está estudando a melhor oportunidade para começar a aplicar suas economias, provavelmente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies