AÇÕESNotícias

Fique por dentro dos assuntos mais relevantes desta segunda-feira (17)

4 minuto/s de leitura

A recuperação econômica brasileira está melhor que o esperado. É o que diz o jornal Valor Econômico, que indica um aumento na arrecadação de ICMS pelos estados nos primeiros quatro meses do ano.

Em São Paulo, homenagens são prestadas ao prefeito Bruno Covas, vítima de câncer no sistema digestivo.

Quanto às vacinas, as recentes crises de abastecimento botam o país em risco de ter uma terceira onda de COVID-19.

Na economia, os dados de infecções por COVID-19 na Ásia começam a preocupar os economistas, empurrando os principais índices globais para a negativa no início da manhã.

Esses e outros destaques você confere agora.

ARRECADAÇÃO DE ICMS INDICA RECUPERAÇÃO ECONÔMICA MELHOR QUE O ESPERADO

De acordo com o jornal Valor Econômico, a arrecadação via ICMS dos estados da federação subiu em 19,6% comparado com 2020, e 21,4% em relação a 2019, ficando acima da variação da inflação acumulada entre janeiro e abril deste ano (6,76%).

A arrecadação passou de R$ 152,2 bilhões entre janeiro e abril, indicando que a recuperação econômica brasileira, amplamente prejudicada pela pandemia de COVID-19, está melhor que o esperado.

As projeções apontavam para uma arrecadação menor, principalmente por conta da falta do Auxílio Emergencial nos primeiros meses do ano. Mesmo aprovado, ele representa ⅓ do valor original do Auxílio, de R$ 600 no ano passado.

VÍTIMA DE CÂNCER, BRUNO COVAS É HOMENAGEADO EM SÃO PAULO

Por volta das 8h da manhã deste domingo (16), morreu o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, aos 41 anos de idade. O político, que deixa uma esposa e um filho, lutava contra um câncer no sistema digestivo, e estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio.

Bruno Covas fez parte do que é conhecido como a juventude do PSDB, partido que o abrigou. Respeitado no âmbito político, ele foi homenageado por colegas de partido e por antigos rivais de campanha.

Dois dias antes de morrer, Bruno Covas deixou uma carta aberta à população. Nela, ele comenta os desafios relacionados ao tratamento do câncer, agradecendo o apoio de todos.

“Gostaria de em primeiro lugar agradecer a todo carinho, a todas as orações e energia positiva que vocês têm me enviado. Lamento não conseguir responder a tantas mensagens, sintam-se todos abraçados”, diz um trecho da carta.

Além disso, dá destaque a atuação do partido quanto à pandemia.

“Em contraposição ao governo federal, que vem desdenhando da vida e da saúde dos brasileiros ao longo da pandemia, o PSDB de São Paulo e seus aliados vêm demonstrando na prática aquilo que é sua vocação: responsabilidade pública, colocar a população, sobretudo a mais pobre, em primeiro lugar, cuidar de gente, fazer um trabalho técnico e baseado em evidências e na ciência, tomar atitudes difíceis e enfrentar as adversidades sempre com respeito, dignidade e defendendo a democracia”, diz a carta.

O corpo de Covas foi velado na sede da prefeitura, no Viaduto do Chá.

ATRASO NA VACINAÇÃO SOBE O RISCO DE 3ª ONDA DE COVID-19 NO PAÍS

De acordo com especialistas, o atraso na vacinação contra COVID-19 pode provocar uma terceira onda da pandemia no país. Isso é potencializado pela baixa adesão de isolamento social, e pela falta de políticas públicas que visam reduzir o contágio.

“Esse é um momento crucial, em que os estados estão melhorando os seus indicadores, com redução no número de internações e óbitos. Nós precisamos aproveitar esse período para evitar o risco de uma terceira onda. Uma próxima onda vai depender muito da velocidade da nossa vacinação”, disse o coordenador-executivo do Centro de Contingência da Covid-19 no estado de São Paulo, João Gabbardo, à CNN Brasil.

Mesmo com a média móvel de óbitos em queda, o Brasil registrou mais de 2 mil mortes no sábado (15), e 900 mortes no domingo (16), dia em que os óbitos costumam ficar menores devido a baixa atividade das secretarias de saúde.

Enquanto isso, 38,7 milhões de pessoas já foram vacinadas no país, somando 18,3% da população. 19,1 milhões já tomaram a segunda dose de um dos imunizantes distribuídos nacionalmente.

Mesmo assim, vários estados e capitais já passam por falta de abastecimento dos imunizantes.


Saiba mais

Erros colocam posição do Brasil em xeque quanto a vacinação


AGENDA DE HOJE

Às 8h25, o Boletim Focus é publicado pelo Banco Central (BC), contando com a projeção de mais de 100 instituições financeiras a respeito do cenário econômico brasileiro. As expectativas ficam quanto à projeção do IPCA, que só sobe nas últimas semanas.

Às 20h50 no Japão, o Produto Interno Bruto (PIB) referente ao primeiro trimestre é publicado. O índice de crescimento pode ser um termômetro sobre como o continente asiático vem se recuperando de um ano marcado pela pandemia.

DESTAQUES DA AGENDA DE ONTEM

O destaque do fim de semana fica para a publicação sobre dados da produção industrial da China. O crescimento foi de 9,8%, não surpreendendo especialistas. Embora uma desaceleração tenha acontecido comparado com dados do mês passado (14,1%), ainda está acima de qualquer mês registrado nos últimos três anos.

BOLSAS E CÂMBIO

O crescente número de infectados por COVID-19 vem subindo no continente asiático, mais uma vez prejudicando o otimismo de economistas, que agora estão de olho nas consequências econômicas imediatas.

Uma delas é o consumo de petróleo, que pode ser prejudicado no terceiro país que mais consome a commodity: a Índia.

Por lá, mais de 280 mil casos foram registrados em um só dia, e o número de mortos pelo COVID-19 passou de 4 mil em 24h.

Às 8h da manhã:

  • STOXX 600 (STOXX): 0,33%, indo a 441,09 pontos
  • DAX (GDAXI): -0,38%, indo a 15.358,80 pontos
  • FTSE 100 (FTSE): -0,69%, indo a 6.994,85 pontos
  • CAC 40 (FCHI): -0,45%, indo a 6.356,39 pontos
  • FTSE MIB (FTMIB): -0,14%, indo a 24.732,50 pontos

Acompanhando o mercado global, os índices asiáticos fecharam registrando baixas, exceto pelas bolsas chinesas, que inflaram.

  • Hang Seng (HK50): +0,47%, indo a 28.143,00 pontos
  • KOSPI (KS11): -0,60% , indo a 3.134,52 pontos
  • Shanghai Composto (SSEC): -0,78%, indo a 3.517,62 pontos
  • Nikkei 225 (N225): -0,92%, indo a 27.824,83 pontos
  • Shanghai Shenzhen CSI 300 (CSI300): +1,46%, indo a 5.184,99 pontos

Às 8h da manhã, os índices futuros dos EUA apresentam resultados negativos:

  • Nasdaq 100 Futuros: -0,42%, indo a 13.331,12 pontos
  • Dow Jones Futuros: -0,43%, indo a 34.171,00 pontos
  • S&P 500 Futuros: 0,39%, indo a 4.152,88 pontos

Acompanhe as cotações do Dólar e o Euro na manhã desta segunda-feira (17):

  • Às 9h03, o Dólar subiu +0,05%, a R$ 5,27
  • Às 9h03, o Euro subiu +0,36%, a R$ 6,42

Foto: Estadão Conteúdo / Reprodução

511 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Notícias

Cerimônia de abertura marca o início das Olimpíadas de Tóquio

2 minuto/s de leitura
Com a presença de músicas clássicas do mundo de jogos eletrônicos, como Sonic, NieR e Chrono Trigger, a cerimônia de abertura das…
AÇÕESRenda Variável

Day Trade ao vivo – Benndorf Research 23/07/2021

1 minuto/s de leitura
Benndorf Research A Benndorf nasceu em 2015 com o objetivo de trazer informações e orientações para que o investidor possa gerir seus…
Notícias

Open Banking: entenda como a nova tecnologia vai revolucionar o mercado financeiro brasileiro

3 minuto/s de leitura
Assim como outras grandes tecnologias do mercado financeiro, com o blockchain e inteligências artificiais (AI) que facilitam a vida de todos, o…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies