Destaques do dia

Braga Netto ameaça não ter eleições em 2022 caso não tiver voto auditável, Ministério do Emprego e Trabalho deve ser recriado; e mais

4 minuto/s de leitura

Repetindo as declarações de Bolsonaro, Braga Netto enviou uma carta de ameaça ao presidente da Câmara dos Deputados no início deste mês. Ele alertou, a quem tivesse interesse, que não teremos eleições em 2022 caso o voto auditável não for aprovado.

O governo federal deve anunciar a reativação do Ministério do Emprego e Trabalho na próxima segunda-feira (26). A reforma ministerial deve trazer um importante aliado do Centrão para mais perto do Planalto.

Na agenda, o destaque do dia fica para a declaração de política monetária do Banco Central Europeu (ECB em inglês), e de dados trabalhistas dos EUA.

Em manhã positiva, as bolsas continuam se recuperando do sell-off do início da semana.

Esses e outros destaques você confere agora.

BRAGA NETTO: ‘SE NÃO TIVER VOTO IMPRESSO E AUDITÁVEL, NÃO TERÁ ELEIÇÃO’

De acordo com a apuração do Estadão, no dia 08 deste mês, em uma quinta-feira, Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, recebeu uma carta de ameaça do ministro da Defesa, Walter Braga Netto.

Na carta, o general comunicou, a quem tivesse interesse, que não teremos eleições presidenciais em 2022 caso o voto impresso e auditável não for aprovado.

A proposta do voto auditável segue em uma Comissão Especial na Câmara. Nesse último mês, Bolsonaro defendeu publicamente a proposta, e indicou também que deve barrar o processo democrático no ano que vem caso ela não passasse:

“Vai ter voto impresso em 2022 e ponto final. Não vou nem falar mais nada. Se não tiver voto impresso, é sinal de que não vai ter a eleição. Acho que o recado está dado”, disse Bolsonaro em suas redes sociais no início do mês.

Na segunda-feira (19), Bolsonaro chegou a dizer que “eleição sem voto auditável é fraude”, e deu a entender que estaria disposto a desistir do processo eleitoral caso a urna eletrônica estivesse em vigor.

Segundo as apurações, Arthur Lira procurou por Bolsonaro assim que recebeu o recado do general, e disse ao presidente que o seguiria até o fim, mas que não admitiria um golpe de estado.

A quinta-feira (08) é uma data emblemática, pois marca um dia após a carta assinada pelos comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, respondendo às acusações do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM) de que os militares estariam de alguma forma envolvidos com a corrupção da compra das vacinas.

Na carta assinada, os generais disseram que “as Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano”.

Outro ponto agravante que culminou na carta de Walter Braga Netto foi uma reunião realizada no fim de junho com os ministros do STF, Barroso, Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes, com dirigentes de 11 partidos.

Após a conversa, a possibilidade de aprovação da proposta de voto auditável na Câmara estava praticamente descartada.

PLANALTO PLANEJA RECRIAR MINISTÉRIO DO EMPREGO E TRABALHO

O governo federal está preparando uma Medida Provisória (MP) que recria o Ministério do Emprego e Trabalho, atualmente incorporado no Ministério da Economia.

O anúncio da ativação do novo ministério deve acontecer na próxima segunda-feira (26), e a pasta deve ficar sob comando de Onyx Lorenzoni, atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República.

A ideia é fazer uma reforma ministerial que encaixe o PP, partido importante do Centrão, para mais perto do Planalto.

Ciro Nogueira (PP-PI), neste caso, assumiria a Casa Civil.


Saiba mais

Alteração na Reforma Tributária isenta FIIs e coloca o Brasil próximo da quota de um paraíso fiscal


AGENDA

O destaque do dia no calendário econômico fica para a declaração de política monetária do Banco Central Europeu (ECB em inglês), às 8h30. No mesmo horário, é decidida a taxa de juros da Zona do Euro.

Um pouco mais tarde, às 9h30, acontecerá uma coletiva de imprensa com membros do ECB.

Ainda na Zona do Euro, às 11h são publicados os dados preliminares do índice de confiança do consumidor para o mês de julho.

Na madrugada, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Hong Kong foi publicado pelo departamento de estatísticas. Houve uma desaceleração em junho, com o índice fixando a 0,7%, ante a alta de 1,0% do mês anterior.

Às 9h30 nos Estados Unidos, são publicados os pedidos iniciais de seguro-desemprego. O índice, que segue tendência de queda desde janeiro, é publicado pelo Department of Labor.

Às 11h nos EUA, saem dados de vendas de casas usadas no mês de junho. O índice é publicado pela National Association of Realtors.

BOLSAS E CÂMBIO

Na expectativa da declaração de política monetária do Banco Central Europeu (ECB em inglês), os índices europeus iniciam a manhã registrando alta nos principais índices.

Às 8h da manhã:

  • STOXX 600 (STOXX): +0,98%, indo a 458,41 pontos
  • DAX (GDAXI): +0,91%, indo a 15.563,25 pontos
  • FTSE 100 (FTSE): +0,06%, indo a 7.002,75 pontos
  • CAC 40 (FCHI): +0,83%, indo a 6.518,34 pontos
  • FTSE MIB (FTMIB): +1,08%, indo a 24.941,50 pontos

A um dia antes da abertura das Olimpíadas de Tóquio, os índices asiáticos fecham nesta quinta-feira (22) registrando altas em seus principais índices.

Os índices acompanham a tendência de recuperação após o sell-off do início da semana, provocado pela preocupação quanto à variante Delta do novo Coronavírus.

  • Hang Seng (HK50): +1,84%, indo a 27.700,62 pontos
  • KOSPI (KS11): +1,07%, indo a 3.250,21 pontos 
  • Shanghai Composto (SSEC): +0,34%, indo a 3.574,73 pontos
  • Nikkei 225 (N225): +0,58%, indo a 27.548,00 pontos (feriado)
  • Shanghai Shenzhen CSI 300 (CSI300): +0,15%, indo a 5.151,75 pontos 

Às 8h da manhã, os índices futuros dos EUA apresentam resultados positivos:

  • Nasdaq 100 Futuros: +0,17%, indo a 14.853,38 pontos
  • Dow Jones Futuros: +0,22%, indo a 34.765,00 pontos
  • S&P 500 Futuros: +0,19%, indo a 4.358,88 pontos

Acompanhe as cotações do Dólar e o Euro na manhã desta quinta-feira (22):

  • Às 9h05, o Dólar caiu -0,04%, a R$ 5,18
  • Às 9h05, o Euro caiu -0,19%, a R$ 6,10

Foto: Agência Brasil / Divulgação

696 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
Destaques do dia

Votação da reforma do IR deve ficar para 2022, BC realiza leilão de swap nesta segunda; e mais

4 minuto/s de leitura
Segundo o relator da reforma do Imposto de Renda (IR), a votação da proposta deve ficar para o ano que bem. Para…
Destaques do dia

Reforma administrativa é aprovada em comissão, governo federal não tem “plano B” e pressiona pela reforma do IR; e mais

4 minuto/s de leitura
Após horas de debates, o texto da reforma administrativa é aprovado em comissão especial, com diversos pontos polêmicos que são fonte de…
Destaques do dia

“Acordão” de Guedes prevê a aprovação da PEC dos Precatórios e reforma no IR ao mesmo tempo, BC diz que manterá ritmo de reajuste na Selic; e mais

5 minuto/s de leitura
Em um acordo firmado com os presidentes das Casas do Congresso, Paulo Guedes quer garantir que a PEC dos Precatórios e a…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies