CuriosidadesInvestimentos no exterior

Três motivos incomuns para investir na Itália

3 minuto/s de leitura

Sem dúvidas investir em um país como a Itália não tenha passado pela sua cabeça, non è vero? Provavelmente quando falamos em investimento no exterior, os países que logo surgem em mente são Estados Unidos, China ou Alemanhã. Além disso, ao ouvir a palavra ‘investimento’, pensamos imediatamente em ações e compra de ativos.

Verdade é que podemos sim projetar outras formas de investimento, principalmente no âmbito pessoal e cultural, o que acaba consequentemente elevando nosso patamar a nível profissional. Um claro exemplo seria explorar um curso de extensão em outro país, para além de aprender algo novo, imergir em uma cultura diferente, o que amplia nossa perspectiva em vários aspectos.

Neste pequeno artigo irei compartilhar alguns motivos (e por que não dicas?!) para colocarmos a Itália em nosso radar de oportunidades. Tenho certeza que alguma dessas dicas poderão em algum momento gerar um insight poderoso.

Ao contrário de qualquer outro país, a Itália é uma marca

Se pensarmos em um carro realmente muito potente e luxuoso, sinônimo de poder, presença e status, em qual marca você pensaria? Talvez Ferrari ou Lamborghini venham à mente logo de cara, seguidos de outras. Alguns dos melhores chocolates do mundo? Ferrero, Raffaello, Kinder? E se falarmos de moda? Armani, Dolce&Gabbana, Prada?

O que todas essas marcas têm em comum? São marcas italianas! A grande sacada é entender que a Itália não revelou todas essas maravilhas à toa. A atmosfera italiana é algo que naturalmente enobrece o produto ou serviço prestado alí.

O primeiro motivo para investir na Itália é justamente a infinidade de produtos de qualidade que estão ‘fora do radar’ de outros mercados. Com o passar dos anos ficou mais fácil encontrar produtos ‘Made in Italy’ nas prateleiras dos supermercados brasileiros, mas ainda assim é um luxo ter acesso aos produtos italianos do outro lado do Atlântico.

Prova disso é a ascenção desacelerada de empresas como a Evino. Como importadora de rótulos, a Evino consegue trabalhar com preços muito acessíveis de vinhos italianos (e de vários outros países). A sacada foi simples: procurar a fonte de bons produtos e trazê-los para o Brasil. Talvez importar produtos italianos e vendê-los não seja o mais fácil dos investimentos, mas ir à Itália e poder se inspirar em produtos e marcas que muitas vezes já operam há mais de 100 anos, é sem dúvidas um investimento intelectual e tanto.

PENSA EM APRENDER ITALIANO OU SABER MAIS SOBRE A ITÁLIA – Converse comigo, clique aqui!

Se instalar na Itália pra que?

Costumo dizer que o mercado italiano possui uma maturidade muito maior do que a nossa, o que também possui um efeito um tanto negativo para a economia e desenvolvimento local. A Itália é um país clássico, com foco na arte, na história e nas tradições. Algo inovador por lá deve ser realmente pensado com calma, talvez dentro de um pólo tecnológico que fomente tais ideias.

Entretanto, usando um pouco de engenharia reversa, poderíamos pensar em uma forma de aliar o que a Itália oferece com o que os turistas querem: personalizar o que é feito para ‘todos os turistas’ apenas para brasileiros. Vou explicar melhor: se turistas no geral querem apenas comer a pizza italiana e ir embora, por que não elaborar um combo com ‘AULA DE PIZZA’ + Pizza + 1kg de farinha italiana pelo triplo do preço?

É da nossa natureza como brasileiros tentar entender como as coisas funcionam e dar um ‘jeitinho’, não é?! Claro que é! Fizemos isso com a pizza, com o macarrão, com o sorvete, com os salgados (pão italiano, pão francês, torta holandesa e tantas outras, não existem em nenhum desses países). Aí é que mora uma grande oportunidade muitas vezes deixada de lado pelos italianos. Para eles: isso é o que tem, se não serve, não tem problema! Para um brasileiro não: se não tem, a gente dá um jeito de ter.

Na Europa, um povo parecido conosco

Um grande obstáculo nas relações de negócios entre países é justamente a questão cultural. Por mais que existam sim diversas diferenças entre o Brasil e a Itália, os italianos ainda assim são muito mais latinos do que os alemães. Isso se torna um ponto a favor quando uma oportunidade surge e queremos escalar as relações.

Nesse aspecto, falar italiano é algo que ajuda muito, seja para fechar um contrato ou apenas para ir para a Itália. Talvez você não saiba, mas a Itália é um dos países da Europa que menos falam inglês (até nisso somos parecidos).

Ainda assim, se você não considera que seja útil aprender italiano por motivos profissionais, saiba que a língua italiana é a língua da arte, da música, do cinema, da literatura e da poesia. Sem dúvidas, não existe língua mais romântica.

Por fim, uma dica para quem vai à Itália pela primeira vez: diga que é brasileiro e tenha 90% de chance de ser muito mais bem tratado!.

Alla prossima!

9 conteúdos

       
Sobre o autor
Especialista em educação e tecnologias de ensino, Master Coach pelo European Coaching Community, MBA em Gestão Estratégica de Pessoas e especialista em Marketing pela Ohio University. Atua como membro consultor do Oceantec, Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio Grande. e é treinador nas áreas de marketing estratégico, formação de líderes e treinamento de equipes. Já atuou nas gigantes italianas Costa Cruises, MSC e TopWay nas áreas de Customer Experience, Vendas e expansão de negócios. Empreendedor, Fundador do Italiano Fácil, uma das maiores escolas de língua italiana do país, que já capacitou mais de 1.200 alunos pelo Brasil. Além disso, já aplicou treinamentos para diversas empresas locais e nacionais como YARA Brasil, SEBRAE e desenvolveu materiais para o método 8P's do Conrado Adolfo.
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
ArtigosCuriosidadesEducação Financeira

PGBL

2 minuto/s de leitura
“Com um benefício tão grande desse fica difícil não investir na NOVA Previdência Privada” Rondinelli Borges Quando vamos investir na NOVA Previdência…
CuriosidadesDestaque

Jordânia, um tesouro no deserto

4 minuto/s de leitura
No início dos anos 2010 o meu interesse pelo Oriente Médio estava no auge, ou pelo menos acima da média. Um dos…
Curiosidades

Saiba quem são as pessoas mais influentes de 2021 segundo a revista Time

8 minuto/s de leitura
Nesta quarta-feira (15), a revista Time publicou a sua lista anual das 100 pessoas mais influentes do mundo. Para o Brasil, a…

16 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies