Notícias

Copom mantém taxa de juros básico em 2% ao ano, mas extingue forward guidance

2 minuto/s de leitura

Na primeira reunião de 2021, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central resolveu manter a taxa de juros básico (Selic) em 2% ao ano, sua mínima histórica, conforme comunicado divulgado pelo BC. A partir de hoje, porém, a estratégia de forward guidance não ditará mais a política monetária do país.

Segundo nota à imprensa divulgada pelo BC, a decisão foi unânime e diversos fatores levaram a tal. “No cenário externo, o aumento do número de casos e o aparecimento de novas cepas do vírus têm revertido os ganhos na mobilidade e deverão afetar a atividade econômica no curto prazo”, aponta o comunicado.

O BC informa, porém, que pacotes de estímulos aprovados em países desenvolvidos, como o anunciado pelo novo presidente dos EUA, Joe Biden, devem favorecer às atividades econômicas no médio prazo, assim como a implementação de programas de imunização contra a Covid-19. A entidade ainda estima que os novos pacotes de estímulo no exterior devem ter impacto positivo em economias emergentes, como o Brasil. “A presença de ociosidade, assim como a comunicação dos principais bancos centrais, sugere que os estímulos monetários terão longa duração, permitindo um ambiente favorável para economias emergentes”


Saiba mais

Boletim Focus: projeções do PIB e inflação aumentam para 2021


Quanto à atividade econômica brasileira, o BC afirma que os indicadores referentes ao final de 2020 surpreenderam positivamente. A entidade destaca, porém, que os mesmos não contemplam os impactos do recente agravamento da pandemia no país. Assim, o BC aponta que as incertezas sobre o crescimento da economia brasileira seguem acima do normal, principalmente no primeiro trimestre de 2021.

A nota à imprensa ainda destaca para a recente escalada da inflação no país. Segundo o BC, o aumento no preço de commodities no mercado internacional deve continuar a pressionar a inflação brasileira no curto prazo. A entidade estima, porém, que o impacto tende a ser temporário.

O Banco Central divulgou ainda o fim da estratégia de forward guidance na condução da política monetária nacional. “Em vista das novas informações, o Copom avalia que essas condições deixaram de ser satisfeitas já que as expectativas de inflação, assim como as projeções de inflação de seu cenário básico, estão suficientemente próximas da meta de inflação para o horizonte relevante de política monetária”, divulgou a entidade. De acordo com o BC, volta a valer a análise usual do balanço de riscos para a inflação prospectiva como ferramenta de condução da política monetária brasileira.

“O Comitê reitera que o fim do forward guidance não implica mecanicamente uma elevação da taxa de juros pois a conjuntura econômica continua a prescrever”, aponta o comunicado. O Copom  projeta ainda que a taxa de juros básico chegue a 3,25% ao ano em 2021 e 4,75% ao ano em 2022. Para as projeções da apresentadas, foram usadas as projeções cambias e inflacionárias do último Boletim Focus, divulgado na segunda-feira (18).

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira
360 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
Notícias

Após frenesi, GameStop sai em busca de novo CEO e uma reestruturação completa

1 minuto/s de leitura
Após frenesi das ações da GameStop (GME), que chegaram a valorizar mais de 2.000% em menos de um ano, a companhia do…
AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa segue boa sequência e volta aos 120 mil pontos nesta quarta (14)

1 minuto/s de leitura
Nesta quarta-feira, o Ibovespa deu seguimento à sua boa fase, subindo 0,84% e chegando novamente aos 120 mil pontos desde o dia…
Notícias

Em reconciliação com caminhoneiros, governo reduz mistura obrigatória no óleo diesel fóssil

2 minuto/s de leitura
Após meses tensos com ameaças de paralisação por parte da categoria de caminhoneiros, o Governo Federal busca reconciliação. Uma resolução do CNPE…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies