Notícias

Tesla se torna uma das preferida dos brasileiros

2 minuto/s de leitura

O investidor brasileiro, conforme números de BDRs no país divulgados pela Bolsa, foi arrebatado por nada mais e nada menos do que a Tesla. Essa inclinação vem em conjunto com a Cogna (a nona maior empresa relacionada a educação do mundo) e a Oi.

O balanço da B3 revela que, no mês de dezembro de 2020, o BDR TSLA34, que é o recibo da Tesla, respondeu sozinho por 18,5% do volume negociado entre todos os recibos. 

Lembrando que hoje o mercado oferece algo em torno de 600 BDRs, sendo que o segundo mais negociado foi o Mercado Livre, empresa argentina de tecnologia, e o preferido dos administradores, que segura somente 7,5% das negociações.

A Tesla, segundo analistas, divide opiniões. Alguns investem há anos nas ações da empresa. Outros chegaram a comprar apenas para observar a queda.

Os investidores de carteirinha afirmam que a Tesla vale hoje na Bolsa, até 30 vezes mais do que ela produz de receita, o que pode ser considerado um prodígio para uma empresa que começou a ter lucro apenas dois anos depois de sua fundação.


Saiba mais

Musk joga no mercado a possibilidade de fusão da Tesla


O valor de cada ação da empresa automotiva intensificou de maneira assombrosa indo de US$ 88 em janeiro, para US$ 880 em 12 meses e hoje a empresa vale US$ 835 bilhões, com uma produção de 500 mil carros/ ano. 

Em comparação, a Toyota, considerada a maior fabricante do mundo, produz 10 milhões de veículos por ano, mas vale quatro vezes menos (US$ 205 bilhões). A Hyundai, que opera em três turnos, tem capacidade de produção de 180 mil carros por ano.

O mercado atenta para o fato de que a Tesla não produz apenas carros. É uma empresa que desenvolve, produz e vende automóveis elétricos de alto desempenho. Sendo assim, se tornou uma empresa consistente, estável, alicerçada em seus 100 anos de história. E a sustentabilidade está do seu lado. 

Países desenvolvidos, como a Alemanha, estudam a possibilidade de ter a frota de veículos renovada em 90%, em frota elétrica em 10 anos. O Reino Unido opera hoje na mesma direção. Em 2030 pretende não ter mais carros a combustão rodando no País.

O que são DBRs

São ativos pelos quais o brasileiro pode investir em recibos que replicam as ações de mercados estrangeiros diretamente no mercado nacional. 

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira
498 conteúdos

       
Sobre o autor
Somos a Smart Money, tudo que você precisa saber sobre o mercado financeiro, com conteúdos para fazer a diferença no seu dia a dia, porque o investimento mais próspero é a informação.
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
Notícias

Focus: inflação se aproxima de 9% e PIB cai

1 minuto/s de leitura
Segundo o Boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo Banco Central (BC) contando com a contribuição de mais de 100 instituições financeiras, o…
Notícias

Petrobras anuncia mais um reajuste nos combustíveis e gasolina sobe 7,04%

2 minuto/s de leitura
A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) mais um reajuste nos preços dos combustíveis nas refinarias, a segunda no mês de outubro. A…
Notícias

FGV: confiança do consumidor sobe 1 ponto após dois meses de queda

1 minuto/s de leitura
Segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) na manhã desta segunda-feira (25), o índice de confiança do consumidor (ICC) subiu 1 ponto em…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies