Notícias

Sem carnaval, bilhões de reais deixam de circular no país

4 minuto/s de leitura

O feriadão de Carnaval de 2021 chegou, mas de um jeito diferente este ano. O festival mais popular do Brasil não acontecerá como estamos acostumados, não haverão desfiles de bloquinhos ou de escolas de samba em 2021. Isso porque, como sabemos, o Brasil e o resto do mundo ainda enfrentam a maior pandemia dos últimos 100 anos. Mas você sabe o impacto que a falta do Carnaval pode ter na economia brasileira? A seguir, te explicamos um pouco sobre o impacto do feriado para o país.

Ao contrário do que alguns podem pensar, o feriado de Carnaval é uma das datas mais importantes para a economia brasileira. Em 2020, por exemplo, estima-se que o feriadão estendido de Carnaval tenha movimentado cerca de R$ 8 bilhões na economia brasileira. Segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), os setores de alimentação fora do domicílio, transporte de passageiros rodoviário e serviços de hotelaria são os que mais movimentam a economia durante as festas de Carnaval, sendo responsáveis por uma fatia superior a 85% do faturamento do feriado.

Segundo a CNC, o Carnaval do ano passado criou aproximadamente 25 mil postos de trabalho em regime temporário para suprir as demandas das festas. Em adição às vagas criadas, só na cidade do Rio de Janeiro foram cerca de 8 mil vendedores ambulantes habilitados para trabalhar no carnaval da capital fluminense.

Com o cancelamento das festas, a maior parte desses empregos formais e informais devem deixar de existir em 2021, assim como a maior parte do capital geralmente movimentado no carnaval deixe de circular nesse ano. Ouvido pelo jornal Folha de S. Paulo, o economista da CNC, Fábio Bentes, afirmou que é muito difícil dimensionar os impactos da falta das festas de Carnaval na economia brasileira. “O Carnaval é considerado o Natal do setor de turismo. Mesmo com cancelamentos de pontos facultativos em alguns municípios, onde alguma receita ainda poderá ser gerada, a perda neste ano é drástica”, apontou.


Saiba mais

Pandemia registra números históricos no endividamento de países


No Rio de Janeiro, por exemplo, o setor de turismo movimentou mais de R$ 4 bilhões no Carnaval do ano passado, com mais de 10 milhões de turistas passando pelo estado durante o feriado. A taxa de ocupação dos hotéis da capital fluminense, por exemplo, foi de 98% durante o carnaval do ano passado, enquanto as expectativas para 2021 são de uma ocupação na casa dos 50%.

Ao todo, a cidade do Rio de Janeiro deve perder cerca de 5,5 bilhões com o cancelamento do feriado de carnaval, equivalente a 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da cidade. Os dados são do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Em Salvador, existem pelo menos 100 trios elétricos, utilizados para agitar os foliões durante o Carnaval. Segundo estimativas da prefeitura da capital baiana, as festas poderiam movimentar R$ 1,8 bilhão na cidade. Na capital baiana, o Carnaval representa aproximadamente 10% do lucro anual do setor de turismo. Para tentar amenizar o impacto da pandemia e do cancelamento das festas, os bloquinhos de rua de Salvador reduziram suas jornadas de trabalho e passaram a vender abadás para o Carnaval de 2022.

No Ceará, a realidade é a mesma. Os hotéis de Fortaleza reportaram taxas de ocupação da casa dos 70% durante o feriadão de Carnaval nos últimos anos, número que deve ficar próximo dos 40% em 2021. Em Pernambuco, a ocupação hoteleira não deve ultrapassar 60%, uma queda brusca comparado com os índices de anos anteriores, em que a rede hoteleira chegou a uma taxa de 97% de ocupação.


Saiba mais

Avançam as discussões sobre a continuidade do auxílio emergencial


Na tentativa de amenizar os impactos do cancelamento das festas de Carnaval, o poder público e empresas privadas vêm buscando alternativas de manter parte da circulação de capital e, também, de auxiliar parte da população que tradicionalmente depende do Carnaval para seu sustento no início do ano. A prefeitura de Recife, por exemplo, aprovou o pagamento de um benefício especial para integrantes do carnaval na cidade. O Auxílio Municipal Emergencial (AME) pagará até R$ 10 mil por beneficiário, renda determinada a partir dos ganhos do indivíduo no feriado de 2020;

Ao todo, a ação da prefeitura da capital pernambucana injetará R$ 4,0 milhões na economia da cidade. Destes, R$ 1,5 bilhão foram injetados pela Ambev (ABEV3), principal patrocinadora das festas na cidade. Além da parceria com a prefeitura de Recife, a Ambev ainda lançou uma plataforma própria para organizar o pagamento de uma ajuda de custo para ambulantes afetados pelo cancelamento do Carnaval. O auxílio pago pela empresa pode chegar a R$ 255 por ambulante.

O auxílio custeado pela Ambev a ambulantes anda junto com a iniciativa da companhia em parceria com o aplicativo Zé Delivery para manter parte das vendas mesmo sem as festas. Os ambulantes cadastrados na plataforma receberam um cupom para repassar a possíveis contatos, que garante R$ 5 ao vendedor a cada uso do mesmo, com limite a 20 utilizações por cupom. Os outros R$ 5 são garantidos ao trabalhador caso o mesmo conclua um curso profissionalizante sobre consumo responsável de álcool, disponível na plataforma da Ambev. Por fim, todos os produtos da Ambev no aplicativo Zé Delivery estão com frete grátis durante o feriadão de Carnaval, ou seja, até amanhã (16).

A Rede Globo, por sua vez, não deixou o carnaval passar em branco nas telas da maior emissora de televisão do país. Sem os tradicionais desfiles das escolas de samba do Carnaval carioca, a Globo exibiu o especial ‘Desfile Número 1 Brahma’, um compilado com desfile de 30 escolas do Rio de Janeiro e São Paulo. A atração especial foi ao ar nas noites de sábado (13) e domingo (14). Artistas que geralmente figuram em trios elétricos pelo Brasil e/ou na Sapucaí este ano optaram por shows virtuais em formato de lives.

Imagem em destaque: CNN Brasil / divulgação

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos á ajudar em sua jornada a liberdade financeira
608 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos
Conteúdos relacionados
Notícias

Focus: inflação se aproxima de 9% e PIB cai

1 minuto/s de leitura
Segundo o Boletim Focus, relatório semanal divulgado pelo Banco Central (BC) contando com a contribuição de mais de 100 instituições financeiras, o…
Notícias

Petrobras anuncia mais um reajuste nos combustíveis e gasolina sobe 7,04%

2 minuto/s de leitura
A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (25) mais um reajuste nos preços dos combustíveis nas refinarias, a segunda no mês de outubro. A…
Notícias

FGV: confiança do consumidor sobe 1 ponto após dois meses de queda

1 minuto/s de leitura
Segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) na manhã desta segunda-feira (25), o índice de confiança do consumidor (ICC) subiu 1 ponto em…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies