Notícias

Caso em Dom Pedro de Alcântara expõe o problema do day trading irresponsável

3 minuto/s de leitura

Uma reportagem apresentada pelo Fantástico neste último domingo (02) expõe o problema do day trading irresponsável, especialmente aquele feito com uso de dinheiro público, na cidade gaúcha de Dom Pedro de Alcântara. Além de mostrar um caso claro de corrupção, revela as consequências reais causadas por esse tipo de atitude.

Segundo a reportagem, a pequena cidade de 2.527 pessoas, segundo o Censo do IBGE de 2020, tinha R$ 18 milhões de orçamento previsto para o ano inteiro. A prefeitura, porém, foi surpreendida com um rombo de R$ 8 milhões aos cofres.

Segundo a apuração do Fantástico, as investigações da Polícia chegaram em um possível culpado pela situação: o tesoureiro da cidade, Simão Justo dos Santos. Segundo as investigações, Simão, desde pelo menos março de 2020, desviava quantias de até R$ 50 mil das contas públicas para suas contas pessoais, usando até contas e senhas de amigos.

O dinheiro, que antes seria destinado para áreas obrigatórias, como saúde, previdência e educação, foi usado para realizar investimentos na Bolsa de Valores. Ao que tudo indica, Simão desviou recursos públicos para tentar recuperar prejuízos pessoais após investimentos sem retornos na Bolsa.

Posteriormente, o plano de Simão era de recuperar esse prejuízo e devolver o dinheiro resultado à prefeitura da pequena cidade gaúcha.

O rombo nas contas da cidade, segundo o Fantástico, inclui o sumiço de R$ 150 mil destinados à uma creche. Sem o orçamento necessário, as aulas presenciais que estavam marcadas para voltar no próximo dia 10 serão prejudicadas, já que o local precisa de obras. Além disso, a cidade fica sem verba para pagar merendas e pelo menos quatro professores.

Na área da saúde, remédios essenciais e populares, como os para hipertensão distribuídos pela secretaria da cidade, estão faltando nas farmácias. Falta verba inclusive para obras em rodovias, que estão inacabadas.


Saiba mais

Prejuízo causado por influencer evidencia a importância de assessores credenciados no mercado financeiro


A febre do day trading

Day trading está cada vez mais popular entre os brasileiros. Em fevereiro, a B3, a Bolsa de Valores oficial do Brasil, registrou 3,3 milhões de usuários ativos em fevereiro. Comparado com 2020, o aumento é de 57,6%.

O número é importante para a Bolsa brasileira, mas, consequentemente, acaba aumentando o número de “gurus do mercado” financeiro, muitas das vezes incapacitados, que prometem grandes ganhos em curtíssimos espaços de tempo. A febre de influencers sem a devida qualificação no ramo já acarretou em prejuízos milionários, e esse tipo de ocorrência só deve aumentar com o tempo.

Segundo Vinicius Teixeira, sócio da Messem investimentos, muitas pessoas são atraídas por promessas de ganhos rápidos e milagrosos na Bolsa de Valores:

“O que leva muita gente a fazer day trading é a sensação de ganho fácil, sendo tocadas diariamente por pessoas com ‘fórmulas milagrosas’ para ganhar dinheiro”, disse Teixeira. “Sem acompanhamento profissional, isso impacta fortemente o resultado, e faz com que elas percam muito dinheiro”.

A recente febre fez até a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) se pronunciar publicamente, ressaltando a importância da devida qualificação no caso de indicações de investimentos.

Segundo depoimento dado à polícia sobre o caso em Dom Pedro de Alcântara, Simão disse ter investido cerca de R$ 200 mil em stop loss, ordem automática de venda da ação para tentar minimizar prejuízos. O investimento não deu certo. Posteriormente, ele teria desviado os recursos da prefeitura para arcar com os prejuízos e tentar recuperar o dinheiro. Houve, porém, segundo a polícia, perdas sucessivas do dinheiro, acarretando em mais desvios de dinheiro público.

Além do crime de desvio de verba pública, o tesoureiro da cidade investiu de forma irresponsável na Bolsa de Valores. Neste caso, o crime é de peculato, que pode render de 2 a 12 anos de prisão.

Simão Justo dos Santos estava a pelo menos 12 anos como tesoureiro da cidade, e é conhecido por todos por ser alguém responsável. Por isso, talvez, Simão tenha conseguido desviar dinheiro da prefeitura por mais de treze meses sem causar desconfiança, e causou espanto de conhecidos quando o caso veio à tona.

Agora, novas investigações são necessárias para que, posteriormente, o Ministério Público ofereça denúncias necessárias.

Imagem: Fantástico / Reprodução

Quer investir no mercado de ações mas não sabe por onde começar?

Preencha o formulário abaixo que um assessor da GX Investimentos irá ajudar em sua jornada a liberdade financeira
318 conteúdos

       
Sobre o autor
Jornalista Smart Money Leia, estude, se informe! Apenas novas atitudes geram novos resultados!
       Conteúdos

Quer saber mais sobre investimentos?



Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade




Conteúdos relacionados
AÇÕESNotíciasRenda Variável

Ibovespa continua recuperação nesta sexta (14), mas encerra semana com perdas

1 minuto/s de leitura
Nesta sexta-feira (14), o Ibovespa continuou sua recuperação após o desastroso pregão de quarta, subindo 0,97% e indo a casa dos 121…
Notícias

SmartTech: o efeito ‘Elon Musk’ nas criptomoedas; PIX Cobrança começa a funcionar; Amazon anuncia frete grátis para compras internacionais; saiba das novidades da BugHunt, SpaceX e Google

4 minuto/s de leitura
Elon Musk e a polêmica das criptomoedas Por algum tempo, Elon Musk se tornou quase que um embaixador das criptomoedas. Isso porque…
Notícias

GIRO CORPORATIVO: Petrobras reverte prejuízos e lucra R$ 1,16 bilhão; Magazine Luiza lucra 739,7% a mais no 1T21; Renner tem prejuízos no trimestre; saiba mais sobre Itaú, IRB, Cogna e Taesa

5 minuto/s de leitura
Petrobras (PETR3, PETR4) A Petrobras divulgou seus resultados operacionais referentes ao 1T21 nesta quinta-feira (13). A estatal registrou R$ 1,16 bilhão em…
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao utiliza nossos serviços, você concarda com tal monitaramento.
Consulte a nossa Política de Privacidade

x
Aceito o uso de cookies